MAMÃE GANSA

mamae-ganso

Hoje eu vi um menino de rua folheando e admirando os desenhos de um livro infantil chamado “A Mamãe Gansa”, na entrada de um sebo. Fiquei ao lado dele e peguei outro livro para observar o menino discretamente. Descobri que sabia ler.

Ele usava calça jeans, tênis, uma camisa de moletom verde, meio suja, descuidada, e levava um isopor nas costas. O que fez aquela criança pegar aquele livro? A vida dele devia ser tão vazia de fantasia.

Tinha seus oito anos mal alimentados, ainda trabalhando, às nove horas da noite, parado em frente à livraria. A história daquela criança passou pelos meus olhos como num livro.

De repente, o menino fecha o livro e sai andando. Entrei na livraria, peguei “A Mamãe Gansa” e “O Mundo dos Bichos”, paguei e fui atrás do menino. Encontrei-o na esquina, em frente ao MacDonald’s, e entreguei os livros. Falei pra ele: “Um presente para você”.

Ele achou estranho. Olhou para dentro do saco, viu os livros, olhou para mim e não agradeceu. Acho que ele preferiria ganhar um dinheiro. Olhou para mim e disse: “Me dá um sorvete?”. Entramos na lanchonete e comprei uma casquinha.

Comecei a entrar numa paranóia de que o menino poderia chegar em casa com os livros, a mãe falaria que ele estava gastando o dinheiro com bobagem, pegaria o livro, rasgaria e jogaria fora.

Será que ele tinha mãe? Ele se interessou pela história da “Mamãe Gansa” justamente porque não tinha? Fiquei com medo, mas pensei que ele leria, estudaria, se tornaria um grande profissional e, quem sabe, ficaria rico.

Talvez ele estivesse procurando esperança. Esperança de tudo dar certo para ele e os irmãos, como os filhotes da gansa. Que ele não precisasse mais trabalhar e só empinar pipa, jogar bola, gude e brincar de Salada de Frutas com as meninas do bairro.

Perguntei seu nome: Serginho. Puxei assunto até chegar ao momento em que a vida mostra que tem um pouco de conto de fadas:

– O que você vende?

Ele, sem jeito, respondeu:

– Tapioca.

Sorri e ele, sem entender, foi embora tomando o soverte. E no meu conto de fadas, o moleque chegou em casa, leu os livros até pegar no sono e sonhou.
Matheus Tapioca

carinha_farinha
Ilustração:
Michel Neuhaus
Texto: Matheus Tapioca

Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , , , , , ,

27 Respostas to “MAMÃE GANSA”

  1. Rúbia Says:

    Lindo! :)

  2. Gabi Says:

    Lindo! Adorei. Parabéns…

  3. Andréa Says:

    Essas coincidências não são adoráveis? Despertam uma sensação incrível de que era para estar ali, com aquela pessoa e ouvir exatamente aquilo.

  4. Ana Cristina Quevedo Says:

    Muito lindo,me emocionei.

  5. jorge jr. Says:

    belo, belo!

  6. mariana_g Says:

    …e então os leitores choram. espero um dia encontrar um serginho e ter a mesma coragem que vc teve.

  7. carina Says:

    Jura?! Caramba! Quando acontece uma coisa dessas eu não consigo acreditar que seja apenas uma coincidência, sabe? Sempre acho que tem algo maior nesses acasos. Frequência, energia, sei lá…

  8. baixo níveo Says:

    tooôme isso !

  9. Raquel Says:

    Muito lindo Theu.
    Estou fascinada até agora….

  10. Jurandyr Nogueira Says:

    O arremate final foi de Mestre, Cara!!!

    Muito Bonito!!!!!!

    Parabéns! Tenho acompanhado e já passou da hora de você publicar seu livro de Crônicas ou “short stories…”
    Acho que você está dominando essa técnica da “short…” que todo mundo pensa que é facil, mas é muito dificil concatenar as idéias de modo congruente em tão curto espaço…

  11. Ingrid Says:

    Coração bom, esse seu.

  12. Ju Says:

    Adorável!

  13. Ricardo Jevoux Says:

    Ele estava lendo, então alguém em casa deve deixar ele ir à escola ou treinar em alguma coisa. Uma pena que a família provavelmente precisa dele como mão-de-obra extra. É raro ver crianças que podem comprar livros lendo, as que não podem então…
    Mas cada um tem sua história, cada um tem sua bagagem.

  14. kadu Says:

    caraiiiii!!! muito bom.

  15. Mali Says:

    AAAAAAAdorei! Fiquei doida pra saber o final e me surpeendi!

    Um beijo enorme

  16. pedro Says:

    Brocou de novo…
    as la’grimas sao prova….
    ta’ ficando bom nisso, negao!!!!!

  17. MusaNorminha Says:

    Lindo meu querido!! só um recadinho pra Mariana_g, minha linda não tenha medo de fazer o bem, pois quando é de coração nada de ruim vai te acontecer e te garanto que você vai se sentir muito bem!

    Beijos a todos!!

  18. Lu Says:

    A poesia da realidade ainda vive! Para que você vivesse essa poesia foi preciso parar e observar um pequeno menino… Sensacional!

  19. di Says:

    coincidências não existem

  20. Andreia Says:

    Que bonito! Chega arrepiou a alma…Mas as vezes tenho fé de que quando a vida é tão dura e sem fantasia, vem os anjos…igual vc para o garoto e ele pra vc.
    Muito tudo de bom!!
    AP

  21. Dani Lacerda Says:

    Teu, mais uma vez vejo como tudo tem hora e local certos e no final temos que ser rápidos como vc foi em comprar os livros pra não deixar passar…afinal algums amigos me ensiram que a “vida passsa em 5 segundos” e eu levei anos para entender o porquê! Lindo valeu mais essa!

  22. Lila Says:

    Gosto do que vc escreve!!

  23. Fernanda Couras Says:

    Lindo!Chorei!

  24. Thais Says:

    <3

  25. Breno Ribeiro Says:

    Simplismente D U C A R A L H O !

  26. Patricia Nogueira Says:

    Há alguns anos atrás o velho Jura me contou sobre um conto que o filho fez e ele achou lindo, tava com os olhos marejados..começou a descrever a história, na época achei linda, hj me deparei com ela na íntegra, valeu demais!

  27. Carol Chaves Says:

    Não lembrava de ter lido este conto… Me emocionei. Agora te pergunto, quando é que inspiraremos novos contos no melhor lugar do mundo?
    Mamãe dispiroqueira está morrendo de saudades…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: