CONVERSA DE BAR

O rapaz sendo complacente, sorriso fácil, todo romântico, ouvindo a mulher falar sem parar e fazendo de tudo para seduzir, quando ela solta:

– Não consigo me envolver com ninguém que não desce fundo, no âmago da tristeza e de si mesmo, assim como eu.

Ele pensou: vai querer falar de Freud na mesa do bar? Porra de âmago de si mesmo! Ele encerra a conversa:

– Mesmo você não sabendo o quanto o outro afunda, não seria bom ter uma pessoa na superfície para puxar você do fundo do poço? Garçom, a conta por favor.

carinha_farinhaMatheus Tapioca

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: