LADO A

mari_farol

Tapioca voltou para a Bahia em promoção. Saindo dor forno como um turista alemão.

Fresquinha: mesmo depois de passar dois meses de férias, ser assaltado, viver o caos do transporte público da cidade e de torrar a careca nas quatro estações soteropolitanas: verão, verão, verão e verão.

Salgada: o mar quente, o suor negro, peixe vermelho frito, o pôr do sol no mar. Para muitos, voltar para Salvador foi um passo para trás. Para mim, um pé fincado na areia da praia. E eu digo: “Não vá se fuder, não, fique ai!” (uma das melhores expressões da baianidade nagô).

Doce: o azul, a preguiça, o acolhimento, o abraço de bebê, comida de casa, família, o horizonte, a voz de Gal, o lindo sorriso branco do negro. É gente falando “massa”. Doce como uma rede após o almoço. Doce feito beiju de Tapioca.

carinha_farinha
Doce ou salgada?

Tags: , ,

Uma resposta to “LADO A”

  1. Maria Aparecida P. Martin Says:

    É isso aí! Fique , essa é sua terra, onde estão suas referências ! Sua bússola e sua família . ” seu medo e seu champanhe “. E nossa estrela do mar …..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: