RETICÊNCIAS

amor leve tranquIlo sem ponto fInal ponto parágrafo vIrgula ponto e vIrgula sem colocar os pIngos nos Is muIto menos aspas porque o amor é público e orIgInal apenas na prImeIra vez quero falar do amor suave sereno sem pavor cIúme ou dor o amor que nos faz andar sem os pés no chão não quero falar do sentImento com começo meIo e fIm apenas começo sem hIato paroxItonas oxItonas e proparoxItonas sem regras nem gramátIca sem pretérIto perfeIto amor sem Interrogações nem exclamações amor sem fIm aquele que quando quando a gente sente não tem dúvida se é amor nos deIxa sem palavras: que fala a mesma lIngua que não tem explIcação dIscernImento mas está tudo nas entrelInhas sua paz sua felIcIdade sem onomatopéIas com cacofonIas sem alfabeto ninguém sabe ler nem escrever apenas sentIr o vazIo sendo preenchIdo amor sem alInhamento à esquerda dIreIta ou justIfIcado amor sem escola amor que não se ensIna amor em estado bruto amor que escreve cartas de amor ridículas amor eterno sem rasuras e sem retIcêncIas para simplesmente fluir


carinha_farinha
Por Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , , , , , , , ,

Uma resposta to “RETICÊNCIAS”

  1. Beatriz Says:

    acho que esse é o meu preferido <3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: