CIGANO BAIANO

Depois de ser “baiano” em São Paulo.
Depois de ser “paraíba” no Rio.
Depois de fazer “baianada” no trânsito de BH.

Depois de viver para trabalhar em São Paulo.
Depois de trabalhar para viver no Rio.
Depois de um freela em BH.

Depois de driblar a marra das cariocas.
Depois de conhecer as mulheres loucas de BH.
Depois de sentir frio com as paulistas.

Depois de ser bem atendido em São Paulo, mas sem simpatia.
Depois de ser mal atendido no Rio, com antipatia.
Depois de uma prosa em BH, com simpatia.

Depois do carioca me convidar, mas nunca dar o endereço.
Depois do mineiro sempre me convidar e me levar ao endereço.
Depois do paulista não me convidar.

Depois de ouvir o carioca falar do que não sabe.
Depois de ouvir o paulista achando que sabe de tudo.
Depois de ouvir o silêncio dos mineiros.

Depois de descobrir que carioca tem o melhor dia.
Depois de descobrir que paulistano, a melhor noite.
Depois de descobrir que Minas tem o melhor sítio.

Depois de ouvir o carioca falar alto.
Depois de ouvir o paulista falar “meu”.
E mineiro falar “véi!”.

Depois de saber que Canjica em São Paulo é Mugunzá no Nordeste.
Comer salsichão em Festa Junina no Rio e canjiquinha em Minas.

Depois de ficar duas horas de relógio num caminho de dez minutos por causa do trânsito em SP.
Depois de ter carro e ir para o sítio na terça à noite e trabalhar na quarta de manhã em Minas.
Depois de vender meu carro e ser sócio da BikeRio.

Depois de ter comido nos melhores restaurantes em São Paulo,
os piores no Rio e as deliciosas comidas do sertão da Bahia(sim, Bahia não é só Azeite de Dendê) em Minas.

Depois de engordar quinze quilos em São Paulo e Minas
E perder todos os quinze quilos no Rio.

Depois de ter ido às melhores baladas em SP.
Depois de ter vivido na Lapa no Rio.
Depois de ter as festas da vida no sítio em Rio Acima-MG.

Depois de não acreditar na marra dos cariocas,
a frieza dos paulista e a desconfiança dos mineiros.

Depois de amar São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Depois de regar amigos maravilhosos em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas.

Depois de conquistar mulheres de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas.

Depois de escolher irmãos de coração em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas.

Depois de ter família em São Paulo e Minas.

Sorria, há menos um “baiano” para sua simpatia.
Sorria, há menos um “paraíba” na sua ciclovia.
Sorria, há menos uma nordestino fazendo “baianada” na sua via.

Depois de treze anos, estou voltando para Salvador, sorrindo, amando a família, a Bahia, os irmãos de coração e, principalmente, as mulheres baianas.

Sorria, venha ser feliz na Bahia.

carinha_farinha
Por Matheus Tapioca

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

8 Respostas to “CIGANO BAIANO”

  1. Vânia Says:

    MUITO BOM! :)
    voltando de vez, ou só de férias?

  2. Quel Says:

    E disso tudo eu só peguei a fase sítio… Pena nao ter ido ao Rio antes!!! Aproveite o retorno e ja aceitei o convite pra ferias na Bahia!!!

  3. Maria Aparecida Pinheiro Martin Says:

    Vamos viver de brisa….sentir o cheiro do dendê inundando as ruas no fim da tarde, Afff é muito bom. Gente nova chegando na família , meu lindo , como é que vai ficar longe ? Pode não .

  4. blogdanandagomes Naná Says:

    Matheus, querido! Sucesso! Boa sorte! Muito axé! Já te invejo por deixar SP. E morro de curiosidades para saber o que vc vai produzir na Bahia!Quando der, conte! Ainda em SP, Naná

  5. norma7 Says:

    “Eu vou
    Atrás do trio elétrico vou
    Dançar ao negro toque do agogô
    Curtindo minha baianidade nagô ô ô ô ô”

    Ai que triste! Aí que lindo! Aí que bom! e…Sucesso!

    Um abraço (carioca), Norma

    (desviada p/Beto Bertagna a 24 quadros)

  6. Carol Chaves Says:

    Voltar para casa é sempre bom pois a gente redescobre coisas perdidas que achávamos nunca mais rever. Amigos, comidas, paisagens e principalmente família.
    Mas saiba que será sempre bem recebido, amado e querido, com loucuras e comidinhas do mundo, que nao só a Bahia, aguardando que voltes a fazer baianadas em meu coração, montado em um cavalo malhado, príncipe como você só, afinal, o melhor lugar do mundo está logo ali, garradim com a Afonso Penna…
    <3

  7. Franklin ( Catolica ) Says:

    Redescobrir….Sempre bom…Ter coragem de voltar, mas voltar diferente e com outros olhos. Boa sorte Matheus!!!

  8. Cigano baiano ( via Farinha de Mandioca) | Beto Bertagna a 24 quadros Says:

    […] Continue Lendo via Farinha de Mandioca […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: