CINCO CONTRA UM

“Agora chega! Basta! Vou partir pra ‘ingnorância’!”. Bradou Otacílio que estava há quase quatro meses sem dar um único beijo. E para ele, mulher é na base da conquista, não do pagamento.

Otacílio perdeu completamente a noção de qualidade das mulheres. Qualquer desgraça virava uma graça. E a cada dia ele se apaixonava por uma mulher diferente.

Sabia de cor todos os horários dos programas eróticos da TV, que só passam de madrugada. Até Shitara dos Thundercats, com aqueles decotes e aquelas pernas, excitava o pobre coitado.

De tanto observar as mulheres, descobriu que todas elas são meio “programadas” para virarem “mulheres fruta”. Ou elas fizeram implante de silicone ou têm uma baita escoliose.

Triste foi quando ele resolveu fazer um teste da revista Nova na sala de espera da dentista (ele só escolhia dentista do sexo feminino).

O tema: “Você sofre de doença Sexual?”. Respondeu algumas perguntas de múltipla escolha e depois somou quantos “A”, “B” e “C” marcou. Resultado: “Dependente Sexual”.

E para deixar tudo ainda mais angustiante, Otacílio se prepara para dormir quando escuta o casal vizinho num tal de ai, ai, ai, oi, oi, oi a noite toda.

Sabe quando homem adolescente vê um comercial de mulher bonita e puxa o ar fazendo: “shiiiiii”?  Otacílio se encontrava nesta fase.

Ele estava seriamente preocupado se alguma mulher fez um bozó. Toda mulher que encostava era casada, tinha namorado, rolo ou era complicada.

Teve uma daquelas “cabeça” que quase ele bateu quando disse:
– Nossa. Tá frio hoje, né?
– Acho que a frieza está dentro da gente…

Até para Forró Otacílio foi, crente que ninguém saia na biela. Chamou a primeira e quase quebrou o dedão do pé dela. A segunda quase deslocou o tornozelo. Suicídio era pouco para Otacílio.

Seus dedos já não tinham unha, comia feito um louco, seu repertório de palavras sensuais aumentou significativamente e estava pensando em fazer Yôga para transferir toda sua energia acumulada.

De tanto tomar banho gelado quando estava excitado, Otacílio agora fica excitado toda vez que toma banho gelado.

Matheus Tapioca

carinha_farinha
Nem toda segunda uma nova crônica.

Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , , , ,

8 Respostas to “CINCO CONTRA UM”

  1. carina Says:

    amei a ilustração ;)

  2. andreia Says:

    Meu, to meio brisando hj, mas não entendi o título.
    Pobre Otacílio, ainda não aprendeu que mulher não se conquista, Ela se permite…
    Nesse caso recomendo, volta pras putas Otacílio(não as moderninhas mas de carreira msmo)Elas são tão boazinhas, capaz de ele até se casar!rs…
    De boa, amo as putas!
    Quanto a energia acumulada, manda pra outra parte e vai encher laje uai!
    AP

  3. Kelly Says:

    É isso ai … Se chover decote caem duas bolas na cabeça do Otacilio! Hihihi

  4. jorge jr. Says:

    brilhante crônica, brilhante ilustração!

  5. Carol Chaves Says:

    “COITADO” do Otacílio…

  6. mali Says:

    O Otacílio tava precisando de um corpo-a-corpo, mas não o político e sim o pervertido!! (depois da nova ortografia, eu fico com medo de escrever colocando o hífen… Tá certo?!)

    A ilustração está muito legal mesmo

    Quanto a parte da escoliose… Não seria hiperlordose, não?! A bunda da mulher fica bem pra cima, bem empinada! É isso que vc quer dizer, ou eu entendi errado?

    Um beijo enorme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: