UM CHEIRO

Cheiro é uma coisa incrível, né? Você é capaz de salivar, vomitar, lembrar, se emocionar, viajar, fechar os olhos e apenas, sentir. Às vezes, gostaria de ter o faro de Fulana, meu Beagle. Mas pensando bem, melhor não.

Consigo lembrar de todos os meus antigos trabalhos, só de sentir o perfume que eu usava na época. Lembro de pessoas com nitidez pelo perfume que usam, ou já usaram.

O perfume Giovanna Baby, por exemplo, me faz lembrar uma paixão da minha pré-adolescência onde quer que eu esteja, seja com quem for. E acho que vai ser assim até eu morrer.

Toda casa tem um cheiro. Pode entrar na casa de qualquer pessoa, que aquela casa vai ter o seu específico cheiro. Se o inquilino mudar, o cheiro também muda. Consigo lembrar do cheiro da casa dos meus pais, da minha casa e a casa de alguns amigos.

Minha mãe odiava que cheirassem sua comida. Ela achava uma deselegância, como se a pessoa quisesse sentir se a comida estava estragada. Muito pelo contrário, eu acho que era para dar mais sabor à comida. Já viu gripado sentir o paladar?

E cheiro de carro novo? Como nunca inventaram um perfume? Um odorizador de ambiente. Tenho certeza que muitos homens usariam no quarto.

Adoro cheirar as coisas. De folha de papel Sulfite a cabelo lavado de mulher. Mas nenhum se compara ao cheiro de chuva.

Também sinto saudades de alguns cheiros: o de dendê na saída do aeroporto de Salvador, do mar, de verde, de estrume de cavalo, de minha mãe.

As pessoas também têm seu cheiro próprio. E o cheiro daquela pessoa? Que você sente a cada fungada no cangote? Você pode até comprar o mesmo perfume, mas aquele cheiro é único. Exclusivo da pessoa.

Confesso que já borrifei, escondido, meu perfume na fronha do travesseiro de uma namorada. Ela só percebia quando deitava na hora de dormir.

Deve ser por isso que minha despedida preferida, típica do Nordeste, é: “Um cheiro pra você!”

Matheus Tapioca

carinha_farinha
Ilustração: Michel Neuhaus
Toda segunda uma nova crônica.

Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , , , ,

21 Respostas to “UM CHEIRO”

  1. julio rocha Says:

    e o cheiro de mulher …. com ou sem perfume não tem melhor.

  2. Andreia Says:

    Que tudo, inteligência emocional ofativa!!
    Não como vc, que compete até c/ a Fulana,mas guardo alguns cheiros
    na memória. Me identifiquei c/a mania de cheirar…
    Agora cá entre nós, bem que eu desconfiava que “farinha”era uma mensagem “subliminar”…cheirar/farinha…rs…
    Amei a fuça da ilustração!
    AP

  3. Lully Says:

    Com certeza os “cheiros” nos remetem a lembranças. Também sou assim, “cheiradora” e sonhadora, rs. Ou seria nostálgica?
    Só a música consegue ter influência e domínio, dos meus sentidos, ainda maior do que a dos perfumes. Agora, se juntar um perfume e uma música….
    Pensei agora, que cheiro teria o seu blog? Uma mistura de Bahia e São Paulo, passado e presente, romance e realismo. Qual o cheiro da dualidade e da cumplicidade? Vc saberia a resposta?
    Belo post! :o)
    Bjos

  4. edilene ruth Says:

    Também adoro cheiros e me guio muito por eles, um dos que mais gosto de sentir é quando minha mãe vem pra cá e dou um cheirão nela, ela olha meio torto, mas sabe q pra mim é importante aquilo… tantos cheiros… tantas lembranças!!!
    Adorei!!!
    Beijos, Edilene
    http://devaneiopulsante.blogspot.com

  5. Mary Bortolotto Says:

    Bom!!! Eu sou uma farejadora tbem…Principalmente de comidas… Já tentei para com isso, mas não consigo. É meu sentido mais desenvolvido. Adoro cheirar, cheirar e cheirar….rs.

  6. Gabriela Pessôa Says:

    Ooooooooooown, que bonitinho!!
    Pra mim, não deixasse de ser romântico. Esse texto é puramente romântico! ;)
    Talvez tu tenha deixado de ser “meloso”. heuuehhehuheuhue
    #menosmal

    Mainha diz que não tenho cheiro! =X
    Por que não ponho perfume depois do banho. =X
    Mas EU TENHO!! … Eu acho! :D

    De toda forma, cheirar é uma coisa muito massa! Tenho mania de cheirar comidas também e TAMBÉM acham estranho/mal-educado da minha parte. Mas nem é pra gravar o cheiro, é por mania mesmo! :S
    #vaientender

    Adorei o texto, como sempre! ^^
    Sucesso, um cheiro pra você! ;)

  7. Jana Says:

    Adoro cheiro de dama da noite…. me lembra as férias em BH.

    Quando sinto cheiro de chá de boldo, me lembro do meu avó paterno. Fui “premiada” pela mesma dificuldade gástrica que ele.
    Em compensação, acho que nunca mais vou sentir o cheiro de pequi que meu avó degustava. Na época eu detestava, mas agora acho uma pena pensar que não vou nunca mais sentir este cheiro.

    Não posso deixar de citar do cheiro do café feito na hora….

    Obrigada pelas lembranças que o texto me trouxe.

    Bjs,

    Jana

  8. efigenia Says:

    hum lembrança olfativa, dizem, é a mais marcante e forte na nossa vida.
    existem perfumes que me remetem a momentos ótimos e outros risos cruzes é melhor nem lembrar-se deles!!!

  9. mali Says:

    São aproximadamente 1150km para se cheirar…

    Em sua grande maioria, o cheiro é maravilhosamente bom!

    Dá pra exercitar quase todos os sentidos; o tato, o olfato, a visão…

    Não quero atiçar sua vontade, caro amigo morador de SP…
    Mas…

    CHEIRO DE MAR É BOM DEMAIS!!

  10. Tereza Cristhina Says:

    Cheiro da vida! =)

  11. Rodrigo Santos Says:

    Perfeito!! Sou obrigado a concordar com isso…
    Já parabenizei muitas vezes pelo twitter, mas
    preciso fazer de novo!! Parabéns!! O blog
    continua incrível!! Abraços

  12. Ataque Aéreo Says:

    excelente texto. parabéns.

  13. Carol Chaves Says:

    É uma pena que meu olfato seja altamente gongado pela alergia, cigarro e afins. Não tenho muitas lembranças olfativas. Porém as que tehho são altamente especiais.
    Tô com saudades daquele cheirinho de minas com sotaque bahiano, um quê de fagundes misturado com farinha…

  14. Vânia Says:

    Cheiro de terra molhada pela mangueira do jardim, enquanto eu, criança feliz em dia de sol, pulava esperando ser molhada como as flores. Verdade mesmo, nos domingos de sol, meu irmão,eu e as rosas tomávamos banho de mangueira dado por meu pai. O cheiro da terra, cheiro de mingau de milho, cheiro de filhote de gato ou cachorro,de feijão com farinha pra comer com as mãos, cheiro de boneca nova…Nossa, quanta saudade! Sinto cheiro até em sonhos.
    Adorei ! :)

  15. Analu Says:

    ownnn! Muito bom! “xero” proce tb!

  16. Dani Says:

    Teu,
    Cheiros são realmente insubstitúives….também guardo muito cheiros, cheiro de mar, de café, da casaaquinho de lã que meu avô usva e fiquei pra mim, perfume de Stilleto masculino que me lembra muitos de vocês na adolescência…cheiro de brigadeiro!!!!!
    Adorei!

  17. Sofia Says:

    Nossa, cheiro é tudo para mim. Acredito, inclusive, que nos apaixonamos ou não por alguém por causa do cheiro.
    Todos os dias, cheiro meus filhinhos: cheiro cangote, cheiro bafinho, cheiro eles inteirinhos…
    O cheiro que mais sinto falta é o da minha mãe, quando ela vem em casa, gosto de ficar deitada no colo dela e me deliciando com seu cheiro…
    Ótimo post, total identificação!

  18. Maria Aparecida Martin Says:

    Memória olfato -emotiva . Na minha adolescência mina mãe me chamava de cheirosa , sempre gostei de cremes e perfumes.. E meu pai tinha um cheiro especial , óleo Glostora nos cabelos e uma colônia que não lembro o nome mas, se sentir seu cheiro vou identificar no ato. Apesar dos 27 anos da,partida dele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: