IDADE DA PEDRA

Meu filho,

Toda vez que um filho completa a maior idade, o pai atinge a idade da pedra: pedra nos rins, pedra na vesícula, ou já está doido de jogar pedra.

Feliz aniversário.
Um beijo.
j

Quando meu pai escreveu isso, eu era jovem, sadio e imortal. Hoje, quem carrega as pedras sou eu. Uma a cada dois anos, em apenas um dos rins. Tive, até agora, três inesquecíveis crises renais, todas em São Paulo.

A primeira quando cheguei após uma viagem de trinta e seis horas num ônibus vindo de Salvador. O veículo sacolejava tanto que até as pedras internas saíram do lugar na BR101.

A segunda fui parar no PS com a perna engessada e todos os enfermeiros perguntavam se era ortopedia. Quando ouviam que era uma crise renal, se benziam, batiam na madeira, pé de pato, mangalô três vezes.

A terceira foi às seis da manhã, onde fui conduzido para o centro cirúrgico, me deram uma injeção, apaguei, enfiaram um cano na minha uretra e acordei mijando sangue.

Com o perdão do trocadilho, mas pelos meus cálculos, daqui a dois anos, com certeza, terei mais uma crise que vai me deixar novamente doido de jogar pedra.

Matheus Tapioca

carinha_farinha

Toda segunda uma nova crônica. Acompanhe.

Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

8 Respostas to “IDADE DA PEDRA”

  1. Mali Says:

    Hehhehehe
    Já está ficando ” empedrado” no assunto, hiem?!

  2. carina Says:

    é bom guardar essas coisas que nossos pais escrevem, né?

    tapis! tome água, meu filho! e cuidado com o sal!

    bjos

  3. nana Says:

    confesso que ontem tive literalmente um pesadelo com a história do cano na uretra.
    Só que no sonho enfiaram foi um cano embaixo da minha unha do pé…. vai lá entender essa coisa de sonho!!

  4. di Says:

    .<AI!

  5. Cida Says:

    Seu pai é mesmo genial.
    Eu já tive até pedra na vesícula.

  6. Vânia Says:

    Olá…No meu caso, quem tem as pedras nos rins é o meu filho. Tornei-me especialista em correr para PS. Em quais remédios ele pode e não pode tomar. E, principalmente, em lembrá-lo de fazer uma US a cada 6 meses. Se tiver uma pedrinha, vamos para litotripsia. Melhor prevenir que remediar. Dá certo, viu?? :) E garanto que dói muito menos do que a pedra tentando sair.

  7. Henrique Says:

    pelos seus cálculos daqui 4 anos verá teria uma pedra na copa? …é a copa?

  8. Andreia Says:

    Que saudade de quando eu era igualzinha a vc “jovem, sadia e imortal”
    Se padece mesmo desse mal melhor se cuidar!Chá de quebra pedra/água/reduz o sal e apela pra mandinga!!Ter saúde é tudo de bom. o rítmo das loucuras diminui, mas continuamos: nem tão jovens, sadios se nos cuidar-mos e imotais prudentes!
    Agora vai naná bebê!
    AP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: