DO YOU SPEAK ENGLISH?

Você prende a respiração quando passa por um mendigo? Não dá a mão para cumprimentá-lo? (Por que eles sempre estendem a mão para falar com a gente?) Muda de calçada quando tem um dormindo no chão? Dá gorjeta sem olhar no olho? Não dá esmola?

Agora me responda: o que faria se um mendigo abordasse você perguntando:

– Do you speak english?

Ele era fedido, sujo, usava roupas rasgadas, carregava uma mochila estropiada, enfim, um autêntico “mindingo” brasileiro, se não fossem seus cabelos loiros, olhos azuis e sua pele estrangeiramente branca. Mas a diferença surgiu com a primeira pergunta dele.

Não acreditei. Eu, com minha aparência nórdica, fui a esperança daquele sujeito. Respondi:

– So so.

Foi o suficiente para ele desandar a falar. Disse que estava perdido e sem dinheiro, que foi assaltado, espancado e precisava voltar para Curitiba, onde trabalhava como professor de inglês e não sabia nada de português.

Imaginei ele pedindo dinheiro: “I could be stealing, but I’m asking… Please, give me money! I’m a poor man! I need to buy milk for my children! My wife is sick, my son is almost dead! Please! Help me!”. Não tem jeito. Nossa economia só é globalizada na pobreza. Dei dez reais pra ele.

Passei a noite inteira pensando no coitado do gringo. Deveria ter dado mais dinheiro. Imaginei se fosse comigo, que mal falo português. Descobri no dia seguinte que o mendigo gringo era famoso em São Paulo por dar esse golpe. Milhares de pessoas caíram na mesma lábia.

Para mim, que trabalho usando as últimas ações de marketing do mercado, tendo lido os melhores livros na faculdade, fiquei pasmo com a perfeição da sua técnica de vendas. Definitivamente, ele mereceu meus dez reais.

Matheus Tapioca

carinha_farinha

Toda segunda uma nova crônica. Acompanhe.

Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , , , ,

14 Respostas to “DO YOU SPEAK ENGLISH?”

  1. Thiago Says:

    Rá! Bem vindo ao clube. Eu e minha mulher caímos também! :(

  2. Gabi Says:

    Cara de pau! Já caí numa conversa dessas com uma senhora certa vez…

  3. Claudio Says:

    Eu ja cai numa dessa aqui no posto da Sanave em Salvador/BA. O cara chegou com uma criança doente pedindo dinheiro pra pegar um taxi…. Chapéu de otário é marreta!!

  4. Kamila Says:

    Nunca aconteceu comigo, e acho que é por isso que estou achando tudo muito engraçado. Como dizem: pimenta no dos outros, é refresco!
    mas ele realmente era um gringo muito espertinho, hehehe

  5. Mary Matos Says:

    O problema é que brasileiro basta ver alguém falar uma língua enrolada pronto acha o máximo até mendigo rsrsr por isso ele continua dando este golpe rsrs eu nunca atravessei a rua, ou deixei de comprimentar um mas não dou dinheiro, tá com fome? até posso coprar um sanduíche !! pois já ouvi muitas histórias parecidas, a do dinheiro pro ônibus então, não dou pois já passei por dificuldades e andava a pé, neguinha ja me pediu dinheiro pra comprar fraldas descartáveis, mandei ela comprar de pano como eu fiz ela até me xingou rsrsr, podem até pensar que sou má, mas não sou, ajudo muita gente mas aquela que vejo ser realmente merecedora, pois muita gente vive na rua porque tem muita gente pra dar dinheiro a elas, muitas ganham nun dia mais que muito DR. pronto falei!!
    Beijos!!

  6. Guthor Says:

    bom blog, bom texto. até.

  7. tiago marcondes Says:

    putz ja cai nessa tambem. mas é infalivel!! não tem como vc não acreditar.

  8. Renato Says:

    Muito bom o texto, gostei bastante. Com certeza valeu dez reais, imagina o tanto de tempo que o cara levou pra aprender inglês e ir pedir esmola? xD

  9. jorge jr. Says:

    eu caí numa parecida. e foi exatamente assim: a mulher era tão boa atriz que efetivamente mereceu cada centavo do dinheiro que eu dei.

  10. Coca Says:

    Cara de gringo ou não, boa atuação ou não, dar esmola piora a situação. Eh o mesmo principio que os programas assistencialistas para Africa na decada de 80, acabou “matando” as poucas iniciativas empreendedoras e sustentaveis daquelas regiões. Ironico, uma necessidade de sentir menos culpa acaba piorando a situação.

  11. victor Says:

    Give them a tel. Number where they can work
    Or ask them to do something for the 10 reales. Do not humiliate.

  12. Mali Says:

    Eu tô com a Mary Matos! Não deixo nem uma virgula do que ela falou de fora! Uma vez veio um cara me pedir dinheiro pra comprar uma prótese, ele não tinha a parte do joelho pra baixo da perna direita. Quando eu começei a falar que tinha um lugar que fabricava e dava próteses de graça, ele saiu e me largou falando o endereço deste local pra o asfalto…

  13. Andre Costa Says:

    Entao pessoal ontem ele tentou fazer o mesmo comigo, mas a historia foi louca, envolvendo uma vinda da Africa do Sul. A descricao é a mesma, loiro ou ruivo, pele vermelha da gringolandia, olhos claros, mas nao estava mal vestido.

    Falei o seguinte “Ali na frente tem o posto da policia, pede uma assistente social, se tiver problemas em falo em portugues com eles. Voce quer ajuda ?”

    Logico que o cara nao aceitou, fechou a cara e se despediu com um THANKS meio bravo.

    E olha só, ele queria 12 reais e 25 centavos. Brincadeira né ?

    Ja nao curto gringo, ainda gringo golpista…

    SAI FORA JACARÉ!

  14. Dzao Says:

    Bom, encare de um jeito bom, vc pagou dez reais por uma aula de conversação da proxima vez,dê 10 mas faça ele conversar pelo menos 1h e 45 que já eh uma aula inteira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: