ATÉ O FIM DOS DIAS

Michel_Neuhaus_fim dos tempos
Despertador on-line às 7h50min. Trânsito on-line às 8h30min. Ponto às 9h. Start up às 9h10min. Cliente ligou e precisa de alteração até às 11h, está aos gritos do outro lado da linha, estamos on-line e continuaremos on-line até o fim do dia.

Precisa colocar um texto de agradecimento, até logo e muito obrigado. A água acabou, troca o botijão. O ar quebrou, abre a janela. Hífen errado na página 347 no site e a cliente aos prantos. 10h31min, Bruno grita. 10h32min. Manda pro ar, manda pro ar…. 11h, site on-line.

Cadê o projeto? Corre, a imagem tá no Photoshop, o texto no Word. Mas tá no Mac. Vai assim “mermo”. Mais café. Compila, compila no Flash. Deu pau. Abre de novo. Carlos, faz alguma coisa. “Tem um revólver aí?”.

12h12min, trânsito on-line. 12h30min, almoço on-line. 13h30, digestão on-line. Continuamos on-line e ficaremos até o final do dia. Luz off-line, sobe escada. Gerador on-line. O banner tá lento. Altera, altera. Pega o Pop up. Tammy terminou o hotsite. Revisa Matheus.

Hoje dá nove horas, mas não dá sete. Eduardo jogou a bola na parede e derrubou água no teclado. Pega toalha, papel, corre, pega, pega. Editora reprovou site da revista. Tem que estar no ar amanhã de manhã. Pede pizza e coca-cola pet.

23h, continuamos on-line. Deu pau no servidor. O servidor não serve pra nada. “Escaneia” a foto. Trabalho virtual, cansaço real. Nunca mais eu saio da agência.

Tinha filme, queimou. Tinha barzinho, fechou. Tinha boate, dançou. Renata tá esperando em casa às três da manhã. Ainda estamos on-line e continuaremos on-line até o fim do dia.

Quatro horas, cai na cama. Olhos off-line, dores on-line. Luz off-line, cabeça on-line. Cama on-line, sono off-line. Abre a geladeira, toma uma cerveja. Relaxamento on-line, sono on-line, despertador on-line.

Acorda off-line, trânsito on-line. Chega no trabalho off-line, clientes on-line. Dá o boot em Matheus… Restart em Matheus. Estamos on-line e continuaremos on-line até o fim dos dias.

carinha_farinha
Ilustração: Michel Neuhaus

Anúncios

Tags: , , , , ,

17 Respostas to “ATÉ O FIM DOS DIAS”

  1. Mel Says:

    Se não guenta vara, peça cacetinho!

  2. Ricardo Jevoux Says:

    Excelente. Acho que todo mundo já passou ou devia passar por uma situação do tipo, “Pede pizza e coca-cola pet”.
    Fora que ta bem escrito pra cacete. =)

  3. @mariana_g Says:

    num guenta brincar, num desce pro play!
    =P

  4. Pedro Tapioca Says:

    Viu, Sacana?!!!!!!!!!!!!!

  5. zero Says:

    Receba MAN!

  6. Fabio Serrano Says:

    Tome isso!

    Abço, TTU!

  7. jorge jr. Says:

    é a sua melhor crônica até hoje.

  8. Marco Franzolim Says:

    Desesperador.
    E de pensar que passo isso até hoje e passarei até o fim dos dias.

    desesperador. Mas pelo menos faço o que gosto. Não conseguiria levar essa vida trabalhando em contabilidade. Na verdade, prefiro trabalhar 24hs em criação do que 15 mins em contabilidade.

  9. carina Says:

    Deixa seus conterrâneos saberem que vc tá nesse on todo! Caymmi só não vai se revirar no túmulo por pura preguiça hehe.

    Ó: nem tão on, nem tão off. Equilibra isso aí, moço!

    Mas tá certo, tem épocas que a gente pende mais pro on, né?

    bjão.

  10. Mali Says:

    Menino!!! Fiquei cansada só em ler!!
    Acho que não vou mais me queixar… Quando começar a pensar em fazê-lo, vou lembrar dessa crônica! Ai vou sorri e pensar; tem baiano lá em Sampa pior que eu!!

    Um beijo on

  11. Kátia Mendes Says:

    “Rapadura é doce mais né mole não”
    Bj

  12. Andreia Says:

    kem não pode com a mandinga num carrega o patuá!!!
    Vida louca…me leve.
    txto 10/extressant/corrido/realidade insana.
    unplugging… kisses
    AP

  13. Carol Chaves Says:

    Sexta-feira: Correio offline corre pra casa e faz produção: Cabelo, check!, vestido, check!, make-up, super check! (ficou amazing).
    Estrada pra BH online, Velvet online, festa de moda (uó!) Dá o boot no Velvet e restart no Deputa, online.
    Dr. Henrique aparece com o Che. Hay que endurecer, pero sin perder la loucura jamás! Acid online, Xin music transcendentline. Deputa offline.
    Corre pro carro e segue pra Up River. Brisa online, montanhas mineiras ao amanhecer online, cores jamais vistas online.
    Estrada offline, melhor lugar do mundo online.
    Che insiste em aparecer novamente… Eu, doutor, Che, Fagundes, cachoeira, solzinho, suruba de marrecos no laguinho das carpas, verdes absurdos, tapete voador, todo mundo eternamente online…
    Tome isso! E vê se aparece logo!
    Offline.

  14. Fernanda Says:

    Vc esta se superando!!! Demais!!!!

  15. Pedrinho da Rocha Says:

    Muito bom, Matheus. Acho a profissão de publicitário um engodo, desses que tudo e todos conspiram para que achemos um deslumbre… até estarmos atolados nela, claro. Meu avô dizia que bancário (na época dele) era um mendigo de gravata, fazendo uma analogia aí, diria que que somos escravos da vaidade.

  16. Heitor Andrade Says:

    foda!

  17. Paula Says:

    Você conseguiu descrever com maestria a rotina dos “on line plugados” como nós!

    Não sou publicitária, mas a minha rotina não é muito diferente.

    Fiquei sem ar só de ler! Aliás, canso de acordar sem ar e ultimamente nem preciso do despertador; o corpo já dá o start do dia por sí mesmo!

    Beijo Teu, e se cuida, para o corpo não dar uma pifada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: