ESPERMOGRAMA

Mchel_Neuhaus_Espermograma

O nome só não é pior do que o constrangimento. Quando o médico me deu a prescrição, a paranóia começou antes de sair do consultório. Será que sou estéril? Porra! Tantos anos transando de camisinha… Pra que?

O constrangimento começou na ligação para o laboratório. Eu não sabia se preferia ser atendido por um homem ou por uma mulher. A mulher por causa da prática e o homem pelo resultado. Marquei com o máximo de tempo permitido.

Três semanas depois, cheguei ao laboratório e parecia que todo mundo sabia o que eu ia fazer lá dentro. Na recepção, a mulher falou para quem quisesse ouvir:
– ESPERMOGRAMA?! A sua senha é diferente. Dobre a direita, depois a esquerda.

Ainda tinha outro balcão. Fui lá e só mostrei a prescrição e a enfermeira, bonitinha até, me pediu para esperar na última sala de espera. Parecia que ia sair radiação na coleta, de tão longe de tudo e de todos que fiquei.

Numa situação como essa, num momento como esse, é preciso ter um mínimo de fantasia e fetiche para se chegar nos “finalmentes”. Impossível não pensar numa enfermeira de minissaia, colocando o dedo na boca pedindo silêncio.  Infelizmente os laboratórios sabem disso e me apareceu um tribufu virado no estrupício me chamar.

Entramos numa sala e ela falou:
– Tem revista e DVD, o controle remoto está aqui. Quando terminar, deixe o potinho no balcão ao lado e diga na recepção que o frasco já está disponível para análise.

Que excitante, não? Agora me diga com que coragem eu ia pegar no controle remoto, na revista ou no DVD? Se você conhece alguém que nunca broxou, ele broxa aqui. O lugar esterilizado mais nojento que já fiquei.

Passei longos minutos olhando pro potinho, nunca tinha feito pontaria pra isso, será que eu vou conseguir acertar? E se errar? Vou ter que tentar de novo? E quem já perdeu a mira? Acertou onde? Arg! Cadê a enfermeira de minissaia com o dedo na boca pedindo silêncio?

Vai logo. Na adolescência meu recorde eram 2,5 minutos. Vamos. Desejei, por alguns segundos, ter ejaculação precoce. E nada. O dragão bateu na porta, me lembrei do rosto dela… Nada. Não resisti. Liguei o DVD e era o filme de Gretchen… Que coisa terrível. Naquela idade…

Desliguei o DVD, me concentrei e fui profissional. Pela primeira vez na vida, consegui recolher a amostra sem sentir prazer. Me senti como um gado reprodutor. Deixei o potinho no balcão e sai correndo daquele laboratório para nunca mais voltar.

Pela internet, imprimi o resultado: 300 milhões de espermatozóides, 92% em bom estado, 2% sem cabeça e 1% sem rabo. Ou será que estavam com o rabo entre as pernas com medo do potinho? Os outros 5% são de um monte de coisa que não sei pra que serve. Mas confesso: nunca me senti tão viril. Capaz de “abrir os braços e fazer um país”.Matheus Tapioca

carinha_farinha
Ilustração: Michel Neuhaus
Texto: Matheus Tapioca

Anúncios

Tags: , , ,

18 Respostas to “ESPERMOGRAMA”

  1. João Aranha Says:

    Nunca fui num desses lugares, mas se um dia precisar, com certeza direi: “Que porra é essa?” Sensacional! Muito bom o texto, Tapioca!

  2. Julian Says:

    Mas que porra, viu!?

  3. eduardo Says:

    hauahuahau comédia velhowwww!

  4. zero Says:

    Famoso Gala Rala! :P

  5. carina Says:

    hahahahahaha ai que horror!

    Mas o Brasil quer saber, porque o médico mandou você fazer esse espermograma? Tá querendo fazer tapioquinhas? hehe

    Adorei. Muito engraçado.

    bjão.

  6. Anninha Says:

    hahahhaha Xoxolinha!!
    Adorei. Muito engraçado!
    beijos

  7. Diego Sousa Says:

    Parabens. Muito Bom.

  8. jorge jr. Says:

    rapaz, se essa história não for verídica, você é realmente um prosador dos melhores. se for verídica, fica ainda mais engraçada.

  9. Mali Says:

    Hehehehehe! Adorei! Fiquei agoniada por vc!
    Ainda bem que mulher não passa por isso…. Afinal, já passamos por coisas demais!!!
    Um beijo enorme

  10. anawenzel Says:

    dá-lhe homem corajoso….

  11. Mel Says:

    Agora sei que está tentando. Tomara que dê logo certo. Pelo menos já aprendeu a mirar!!!!!!
    Que seja uma paulistana linda de olhos azuis. Gui e eu vamos visitar vcs nas férias hehehe! Machista, eu? heheheh

    Bjão

  12. Leila Says:

    Tô me divertindo c esse blog!! “Tribufu virado no estrupício” é ótimo! kkkkkkkkkkkkkkkkk

  13. Fábio Mesquita Says:

    FM, sensacionais seus textos. Você nos faz viajar e imaginar toda a situação, principalmente quando fala da enfermeira de minissaia, colocando o dedo na boca pedindo silêncio. kkkkkkkk

    Abs

  14. Fabio Serrano Says:

    HAHAHAHAHAHAHAHA!!!
    Já fiz, duas vezes e, graças a Deus, td certo. Ói David aí…
    Detalhe: na 1ª vez fui depois de um cara q tinha acabado de colher material para exame de Nº 2. Putz! Não tinha negócio de DVD, não. Pense aí!!!
    Profissionalismo total! :)
    Bjo, irmão.

  15. musamary Says:

    eu já tive uma experiência do outro lado do balcão rsrsr era atendente de laboratório..tinha lá meus 19 anos..quando um senhor lá pelos seus 74 anos chegou e disse…. vim fazer uma espermograma…naquele tempo não era uma coisa usual…mas…eu o atendi com toda simpatia…e lá foi o senhor fazer o até hoje famegerado exame…eu o encaminhei ao cubículo…e lá foi ele com seu copinho exclisivo..pois bem…deu..1, 2 horas e nada do velhinho voltar..o que ficamos peocupadas… até que sobrou pra mim ir falr com elea…o que fiz segurando o rizo….chegando lá…depois de muito bater na porta e já preocupada…ele atendeu e me contou a hístória do exame… ele tinha uma mulher com seus 26 anos e que havia tido um filho e ele precisava provar que era seu…. e eu disse… senhor neste caso não tenha pressa rsrsr não preciso dizer que ele entrou no laboratório às 11hrs da manhã e saoi por volta das 14hrs… mas depois de muitas rizadas debaixo do balcão e reaultado nas mãos…foi comprovado que o filho era dele !!! concusão da hístória….não importa o tempo que leve…o importante é o resultado!!!

  16. Nina Says:

    Tá vendo? Quando chegar a hora de fazer o exame de próstata, vai ser fácil, fácil…

  17. Felipe Says:

    Fantástico!

  18. Andreia Says:

    Meu, tô rindo até agora dessa “porra”….
    caramba esse exame deveria ser anual e obrigatório
    como o papanicolau…Daí eu diria que homens e mulheres
    estão evoluindo em direitos…de se f…
    ahahahah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: